Vamos falar de nutrição?!

por / segunda-feira, 27 abril 2015 / Postado emSer Saudável é uma Delícia
Nutrição Esportiva

Começo essa coluna super empolgada, como é bom iniciar novos projetos, nos envolver com pessoas focadas, e, principalmente, que estão interessadas no nosso trabalho. Escreverei aqui quinzenalmente para tentar esclarecer algumas dúvidas e mitos relacionados à ciência da Nutrição, aliada ao esporte, claro! Essa ciência que tem sido tão disseminada pelos meios de comunicação, as vezes até de forma errônea, ou incompleta, mas que felizmente ainda gera muita curiosidade da população em geral.

Pessoas ligadas ao esporte sempre despertam a minha admiração. A determinação se destaca como ponto forte, além da disciplina e o foco. E essas pessoas são sempre as que eu considero mais fáceis de trabalhar! Os outros tipos de pacientes sempre representam um grande desafio, mas os esportistas, atletas, praticantes de atividades físicas, são curiosos, pesquisam até mesmo antes de uma consulta, se preocupam com uma alimentação mais natural e com os efeitos que esta gerará em seu organismo e em seu desempenho físico. É ou não é incrível? Enquanto cruzamos com tantas pessoas que comem falando ao celular, mexendo no computador, sem prestar atenção no que está ingerindo, este outro grupo de pessoas surge com uma proposta diferente!

Alimentar-se, desde os primórdios da humanidade é uma necessidade, isso é inegável. Ademais, com a evolução dos nossos tempos, alimentar-se virou uma fonte de prazer, de troca, de convívio social. É muito mais profundo do que se analisar o ‘’simples’’ fato de ingerir o alimento. Quem aí não conhece ou até é você mesmo, um alguém que desconta os problemas na comida, que diminui o apetite quando está desmotivado ou um pouco deprimido, que ataca os doces quando está sozinho ou que gosta de cozinhar só quando é para uma reunião de amigos? A nossa relação com a comida é surpreendentemente um espelho do momento que estamos vivendo. E é isso que vamos conversar por aqui também.

A nutrição está aí para ser explorada, pessoal. E nós acabamos sendo as próprias cobaias. Alimentos têm efeitos diferentes em cada indivíduo, assim como os suplementos alimentares e os diferentes tipos de dieta… É necessário ficarmos mesmos atentos ao que colocamos na nossa boca, mas concordam que isso não pode virar uma obsessão? É necessário comer pra viver bem e não viver para comer! Uma pessoa obcecada em saúde também é doente… Vou frisar muito isso aqui em nossas conversas; EQUILÍBRIO! Equilíbrio é tudo!!!

Como vocês podem perceber, temos uma farta gama de assuntos para tratar por aqui, por isso, a participação de vocês é essencial! Qualquer dúvida, sugestão, crítica será super bem vinda! Então, quais são as maiores dúvidas de vocês? Quando chega a hora de alimentar-se, por qual motivo você para pra pensar? Conta pra mim pois temos muito o que conversar!

Marina Bueno
Nutricionista (CRN 916081) formada na Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP, apaixonada por alimentação e vida saudável desde criança e em busca de um esporte para chamar de meu. Inquieta, curiosa, intensa… Não sou perfeita e também não sei tudo, mas espero que possamos sempre trocar muitas experiências!

TOPO
%d blogueiros gostam disto: