Mudança de cidade, mudança de planos, mudança de vida…

por / terça-feira, 25 março 2014 / Postado emVida de Corredor
A casa da árvore fica lá aonde o vento faz a curva, no alto da montanha, onde a vida é devagar e tudo tem mais sabor...

Há cerca de 1 mês mudei para o interior. Isso mesmo! Estou morando numa chácara linda no entorno da cidade de Itabirito. A verdade é que moro num pedacinho do paraíso a apenas 56km de Belo Horizonte! Depois de quase 12 anos morando em BH, tomei a decisão de voltar para a casa dos meus pais, de voltar para a cidade onde cresci. Estava precisando de um pouco mais de amor na minha vida, de abraços sinceros, de estar num LAR… Passei meses pensando no assunto e não me resolvia, de repente, a vida resolveu por mim. Simples assim!

Estou mais tranquila, equilibrada, leve… Sinto que foi a decisão mais importante que tomei na minha vida e uma das que mais me fez feliz! É claro que readaptar a vida para uma mudança desse porte não é nada rápido, demora, cansa um pouco, mas a cada dia me sinto mais feliz por ter tomado essa decisão. Estar em família é muito bom! É tudo o que eu precisava neste momento da minha vida.

Mas mudar para Itabirito me fez ter que abrir mão de algumas coisas preciosas na minha vida. Por exemplo, não tenho tempo de correr durante a semana! Essa foi a parte mais triste, confesso! Ah, mas quem quer dá um jeito! Bom, eu saio de casa às 5:50h da manhã para chegar em BH às 7:15h e começar a trabalhar às 7:30h (o trânsito está a cada dia pior), só tenho 1h de almoço, então não consigo correr nesse horário e só chego do trabalho entre 19:50h e 20:15h. Na zona rural, só poderia correr na rodovia, mas à noite é muito perigoso e eu acabei suspendendo os treinos durante a semana… Mas ainda existem finais de semana! Academia também virou algo impossível. Mas tenho uns brinquedinhos em casa, então dá para fazer um treino legal! Não é aquela coisa louca que eu fazia, mas os básicos para manter a massa magra! Mas, em breve, compro mais umas coisinhas e o treino passará a ser hard!

Ao mesmo tempo em que treinar tornou-se muito difícil, comer alimentos orgânicos se tornou facílimo!!! Minha horta ainda não está 100%, mas meu pai trabalha com fazendas que produzem orgânicos, então sempre temos legumes e verduras frescos e saudáveis!!! Cortei cerca de 90% das comidas industrializadas, preparo comidas deliciosas e muito saudáveis para toda a família e até consegui que meus pais mudassem alguns hábitos que não eram legais! Começamos um pomar, uma horta, plantei ervas, plantamos flores e temos uma árvore incrível!!! Sempre disse que aqui era a Casa da Árvore! Um lugar encantador…  E o nascer e pôr do sol?! Incríveis!!!

Tudo começou por causa dessa árvore... Hoje, temos a Casa da Árvore!

Tudo começou por causa dessa árvore… Hoje, temos a Casa da Árvore!

Bom, é isso! Estou no interior, levando uma vida mais saudável ainda, tentando fazer meus exercícios e, por enquanto, sem tempo para correr! Os planos da estreia na Maratona estão suspensos por enquanto porque correr 42km não é o mesmo que correr 10km! É preciso treinar de maneira séria, se dedicar de verdade e agora, não cabe na minha vida! Por enquanto, corridas curtas! Resolvi trocar a Maratona do Rio pela Meia Maratona, mas só porque terei férias um mês antes da prova e poderei me dedicar aos treinos mais intensos!

Bom, é isso! Mudança de cidade, novos hábitos, mudança de planos… Uma serenidade que tomou conta do meu ser que ninguém acredita! E vamos que vamos!!! Correndo atrás (na verdade, à frente) dos sonhos, errando e aprendendo, rindo dos tropeços e seguindo em frente de cabeça erguida!

Nos tempos de frio, o sol nasce assim... Tem coisa mais linda?!

Nos tempos de frio, o sol nasce assim… Tem coisa mais linda?!

 “As pessoas sempre chegam na hora exata, nos lugares onde estão sendo esperadas.”

PAULO COELHO

 

Aline Oliveira
Apaixonada pela vida, por esportes, pessoas e suas histórias. Curiosa sobre o mundo e eterna aprendiz. Depois de anos proibida de praticar os esportes que amava devido a um probleminha nos joelhos, resolvi me arriscar. Não aceitei largar a corrida e hoje sou uma corredora muito feliz!!!

Comentários

TOPO
%d blogueiros gostam disto: