Mizuno Half Uphill – Agradecer é preciso!

por / sexta-feira, 09 setembro 2016 / Postado emDesafio Secreto
Ela é magnífica!!! Só tenho a agradecer todos os ensinamentos...

Na reta final, tive 3 pessoas que me apoiaram muito, que ouviram minhas reclamações, meus medos e ansiedades. A Chrys, minha amiga da vida toda, sempre me dizia o quão grande era tudo aquilo que eu estava vivendo e o quanto ela me admirava por ter me proposto o desafio e corrido muito para realizá-lo. Ela sempre me lembrou que desistir não era feio, que ela torcia por mim mas não queria que eu prejudicasse o meu corpo por ter medo de desistir. Ela falava que eu não precisava provar nada a ninguém e que já tinha feito mais do que muita gente nesse mundo ao aceitar esse desafio e me dedicar a ele! A Chrys é a minha paz, a pessoa que coloca os meus pés no chão, que dá conselhos que eu sempre ouço, que me inspira a dar o meu melhor, que me ajudou a criar o Corra Leve e a montar o “Desafio Secreto”! Sou muito grata por ter essa grande amiga na minha vida e lembrei muito dela ao longo da prova. Desde as músicas que ouvi e que fazem parte da nossa história, às palavras que ecoavam na minha mente enquanto eu “lutava” com as curvas da Serra.

O Antônio, meu fisio querido, que me aturou por 5 meses falando sobre a Serra, reclamando de dores, dos exercícios, da vida e falando sem parar, foi a única pessoa que nunca duvidou da minha conquista. Ele acreditava até mais do que eu! Desculpa querido, não deu! Sempre que eu começava a reclamar, ele me incentivava! Me xingou muito quando eu cheguei chata e reclamona, dizendo que não ia dar, que ia desistir de tudo. Chegou a dizer que nem que ele tivesse que viajar comigo e subir a Serra ao meu lado, não deixaria que eu desistisse… Não tenho palavras para agradecer tudo o que ele fez por mim, principalmente pelo meu psicológico ao longo desses meses! Não, ele não é legal o tempo todo! Ele me fez sofrer muito nas sessões intermináveis de fisioterapia! ha ha Mas ele me arrancou muitos sorrisos quando parecia impossível! Nossas sessões de fisioTERAPIA eram uma mistura de amor e ódio na minha cabeça, mas sei que me fizeram muito bem! Não só para melhora das lesões, como para força mental! Lembrei muito do que nós vivemos todos esses meses e das nossas conversas enquanto encarava a Serra! Me emocionei com sua mensagem pós prova! Obrigada mesmo!!! 😉

Teve também o Felipe Branco! Diz ele que é meu fã… Como faz se eu sou tão fã dele?! O Felipe me achou louca desde o princípio, mas sempre disse que para topar um desafio desses precisava ser louca mesmo! 😀 Apesar de me achar maluca, com um parafuso a menos, ele apoiou todos os meus passos! Sempre atento, me perguntava dos treinos, de como eu me sentia, das minhas dificuldades, dos meus temores… Foi outro que sempre me mostrou que eu não precisava provar nada a ninguém! E chegou a comprar brigas com pessoas que disseram que eu não ia conseguir! Ele me protegeu muito de comentários negativos, me defendeu e apoiou. Conversamos muito, todas as semanas! Falamos de treinos, estratégias, inspirações e até sobre a possibilidade de me lesionar ou ter que abandonar. E quando falei com ele sobre os 2km que faltaram, ele já pediu que os dedicasse a ele e cogitou também corrê-los ao meu lado! Eita, vamos rezar pelo sorteio!!!

Essas foram as 3 pessoas com as quais eu mais me abri sobre a prova, foram as pessoas que mais me apoiaram e torceram por mim ao longo desses meses todos! Mas como esquecer dos meus companheiros de Run&Fun que apoiaram sem mesmo saber qual prova eu faria?! Como não agradecer à Robertinha que teve altos papos comigo sobre a responsabilidade da preparação e da importância do que eu estava fazendo?! Como não falar da Lu, dos nossos papos pré-treino e dos conselhos lindos que ela me deu?! Como não falar da Renatinha, sua energia contagiante e os conselhos mais inesperados?! Como não agradecer ao Roberto pelos incentivos e pela força nos treinos do pelotão?! Raquel, Leandro, Adriano, Cimar, Tico, Maria Lúcia, Luiz, Fê, Lets, e todo o nosso “pelotão Kenya”, vocês brilharam e fizeram muita diferença na minha preparação!!! Valéria, minha vizinha querida e companheira de Run&Fun que me apoiou tanto nos treinos e nas conversas a caminho de casa! Gente, e os meus treinadores? Como alguém acreditaria naquela gordinha empolgada, louca pra voltar a correr e querendo enfrentar a Serra do Rio do Rastro?! Eles acreditaram!!! Paulo Santos (que me levou para a Run&Fun), Walison (meu primeiro treinador), Euler (tio, você tem o time perfeito tanto para cobrar quanto para incentivar), Vinicius (que apesar do medo, acreditou e foi comigo até o final), Thais (tia brava e linda), vocês brilharam!!! E ainda teve o Paulão, que não me treinou, mas incentivou o tempo todo!!!

Nessa caminhada ou corrida, teve muita gente especial! O Saulo Arruda, que é Ninja e Ultra, não tinha obrigação nenhuma e me ligou para uma conversa longa sobre treinos, medos, anseios e ainda deu dicas sobre a viagem! Lembrei muito de você, meu querido!!! Pura inspiração! Conrado, que correu ano passado ao lado do Saulo e me incentivou demais todas as vezes que nos encontramos! Marcos Gagliardi, que já dividiu a experiência dele com a Serra por aqui e foi quem mais conversou comigo na semana anterior à prova e ajudou com dicas inimagináveis! Minha Célula querida que entendeu minhas ausências e apoiou cada passo nessa etapa linda da minha vida! Taiz, minha companheira de casa e de gordices, que ouviu muitas lamúrias ao longo dessa preparação e torceu mesmo sem entender a loucura que era tudo isso!

Teve também a família que fez o possível para compreender minha escolha e apoiou na medida do possível! Tivemos muitas brigas, discussões, choros até! Mas eles fizeram o que estava ao alcance! Minha mãe, que escolheu o trabalho mas se preocupou do seu jeito peculiar de ser e até ligou para o treinador antes da viagem para saber se eu estava preparada! Meu paizinho, que só pensava na loucura que era aquilo e morria de medo do que eu estava fazendo, mas que aceitou a minha não desistência e se esforçou na reta final. Eduardo, que ficou na dele o tempo todo, mas sei que torceu como sempre! Janine, que não se envolveu, mas colaborou do jeito dela! Jéssica, que lidou o tempo todo com o emocional e dirigiu enlouquecidamente pra mim no último dia! Vocês fizeram o que dava para fazer e sou muito grata por tudo!!! Tiveram também as tias e tios, minhas avós queridas, que mesmo sem entender, rezaram e torceram! As primas lindas, que vibraram com cada treino pesado, cada conquista com a dieta e entenderam a distância e falta de tempo!

Também recebi muito apoio de gente desconhecida! De leitores do Blog, seguidores do Instagram, do Snapchat, do Facebook! A equipe do Jornal Corrida que me acompanhou, torceu e incentivou por todos esses meses! Valéria Baldner e Claudinha Proton que me aturaram nas férias do ano passado, falando o tempo todo sobre o desafio e o quanto a minha vida mudaria! Matheus e Eugênio da Fibra, que me acolheram tão bem e tinham sempre uma palavra de incentivo!

O agradecimento mais importante de todos vai aos companheiros do nosso grupo do Whatsapp!!! O grupo dos fortes!!! Vocês foram perfeitos todos esses meses!!! E foi muito lindo encontrar cada um ao vivo e trocar mais experiências!!! Aos que encontrei durante a prova e me ajudaram mais ainda, minha gratidão eterna!!! Principalmente à Leda e à Tati que foram fundamentais na Serra! Marcinha, obrigada!!! Que possamos continuar nessa união e que venha a Serra em 2017!!!

Tem muita gente que contribuiu!!! Muita gente mesmo!!! Lembrei de muitos, sei que esqueci de muitos também!!! Mas saibam que ninguém conquista nada sozinho!!! Eu não conquistei a Serra, mas travei uma das maiores batalhas da vida!!! Eu tinha a intenção de dedicar 1km a cada pessoa que me ajudou diretamente. A lista estava no meu celular que foi roubado. Não publiquei, porque queria terminar a prova antes! Não terminei e ficaria faltando 2kms e 2 pessoas muito queridas! Não vou publicar essa lista! Só vou agradecer!!! Vocês todos foram muito especiais!!! Quem torceu, sabe que sou grata!!!

Que venham novos desafios e que eu possa contar com tanta gente bacana ao meu lado!!! E que venha a Uphill 2017!!! 😉

Aline Oliveira
Apaixonada pela vida, por esportes, pessoas e suas histórias. Curiosa sobre o mundo e eterna aprendiz. Depois de anos proibida de praticar os esportes que amava devido a um probleminha nos joelhos, resolvi me arriscar. Não aceitei largar a corrida e hoje sou uma corredora muito feliz!!!

TOPO
%d blogueiros gostam disto: