Dia do Lixo… Precisa disso?!

por / sexta-feira, 31 julho 2015 / Postado emSaúde é tudo
Dia do Lixo é desnecessário

Vivemos hoje nos tempos de praticidade, mas, ao mesmo tempo em tempos que o ser humano ainda tenta alcançar alguns objetivos sem fazer esforço. Eu falei certo, tenta. Conseguir é um departamento diferente! Hoje em dia, a alimentação vem ganhando um destaque cada vez maior na vida de cada um de nós, pois, de fato, somos o que comemos, e se os efeitos de uma má alimentação não são colhidos hoje, um dia com certeza serão, e é nisso que temos que pensar. Alimentar-se bem não pode ser só uma fase, uma alimentação equilibrada precisa ser levada para vida, virar um hábito. Esse é o maior problema que eu, como nutricionista, tenho enfrentado com meus pacientes: a dificuldade de fidelizá-los e conscientizá-los que os hábitos precisam mudar, pois assim não há sofrimento, e desta forma, o famoso dia do lixo não precisará existir.

Pense no quão difícil é para você e o porque dessa dificuldade quando você tenta se alimentar melhor. Pense em quantas renúncias você faz para emagrecer, para perder medidas, eliminar celulites, melhorar o aspecto da pele ou até mesmo, para enfrentar e controlar doenças crônicas como diabetes e hipertensão. Pense se você sempre se alimentou dessa forma, ou por que você começou a se alimentar assim. Pense ainda, como seus antepassados se alimentavam? Como sua avó se alimentava? Como sua mãe se alimenta? Elas possuem os mesmos problemas de saúde? Esses problemas, poderiam não existir?

Por esse motivo, hoje, meu texto será um pouco mais reflexivo. Vale a pena trocar seu esforço pelo dia do lixo? A partir do momento que você consegue se desintoxicar de alguns alimentos industrializados, que consegue ver efeito da alimentação balanceada no dia a dia, em sua disposição, na sua rotina de exercícios e consequentemente, na própria balança, e mais, consegue ter prazer em se alimentar dessa forma, você deseja mesmo partir para o dia do lixo?

Agora, nutricionalmente falando, imagine seu organismo, finalmente livre de tantas substâncias tóxicas, aproveitando o melhor dos alimentos, seu metabolismo extraindo deles vitaminas, minerais e macronutrientes importantíssimos. E de repente, em um único dia, sendo entupido novamente com todos aqueles alimentos maléficos. Imagine-se jogando uma bomba de calorias vazias para dentro de si e com isso, levando embora tudo aquilo de bom que seu corpo estava utilizando para desempenhar suas funções de forma otimizada.

Precisa disso?!

Precisa disso?!

É claro que, eu sou uma nutricionista perfeitamente flexível. Sei que o emocional manda em nosso corpo e em nossas escolhas. Sempre enfatizo que: não é preciso PARAR de comer tudo o que você gosta, é preciso comer com moderação. Veja o valor dos alimentos naturais, sinta o sabor, aprecie-os, não precisa banir o seu chocolate da vida inteira para perder os quilinhos tão desejados, descubra o que a natureza nos oferece, compre menos alimentos que contenham embalagens… Vamos combinar assim? Depois me contem como estão se saindo! Não troque seus infinitos dias saudáveis por alguns dias do lixo.

Marina Bueno
Nutricionista (CRN 916081) formada na Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP, apaixonada por alimentação e vida saudável desde criança e em busca de um esporte para chamar de meu. Inquieta, curiosa, intensa… Não sou perfeita e também não sei tudo, mas espero que possamos sempre trocar muitas experiências!

TOPO
%d blogueiros gostam disto: